Dicas para contratar a melhor opção de Plano de Saúde Empresarial

De acordo com pesquisa realizada pela Catho, consultoria de recrutamento, cerca de 74,6% dos trabalhadores brasileiros elegem o plano de saúde como o benefício mais importante, superando até a possibilidade de participação nos lucros.

Perfil do quadro de funcionários

Saiba o perfil do seus funcionários, como sexo, idade, local de moradia, entre outras variáveis. É o primeiro passo para uma empresa que deseja contratar ou até mesmo de trocar o plano de saúde empresarial.

Perfil do quadro de funcionários

Saiba o perfil do seus funcionários, como sexo, idade, local de moradia, entre outras variáveis. É o primeiro passo para uma empresa que deseja contratar ou até mesmo de trocar o plano de saúde empresarial.

 

Opções de tipos de cobertura

Diferentes tipos de coberturas para um quadro de funcionários heterogêneo. Exemplo: se há profissionais que viajam com frequência a trabalho, é necessária a contratação de um plano com abrangência nacional para esse grupo específico. Mas o mesmo não é necessário para o restante do quadro de funcionários que não realizam viagens de negócios.

 

Reajuste do contrato

Os planos empresariais não possuem o reajuste regulado pela ANS (Agência Nacional da Saúde). Eles ocorrem uma vez ao ano e são calculados de acordo com a inflação dos itens médicos e do índice de sinistralidade, que medem o grau de utilização do plano e servem para calcular o percentual de reajuste das mensalidades do benefício.

 

Carência

Os planos coletivos empresariais com 30 participantes ou mais não possuem exigência do cumprimento de carência . Se o número for inferior a 30 pessoas, será exigido cumprimento de carência de acordo com os prazos máximos estabelecidos pela ANS.

 

Coparticipação

Coparticipação é um mecanismo no qual o empregado assume o pagamento de uma parte do valor da consulta ou do procedimento a ser realizado. É uma forma de diminuir custos sem alterar a rede ou o padrão de atendimento. Além disso, o mecanismo funciona como um moderador de uso, evitando o excesso de utilização indevida pelo segurado.

Diferentes tipos de coberturas para um quadro de funcionários heterogêneo. Exemplo: se há profissionais que viajam com frequência a trabalho, é necessária a contratação de um plano com abrangência nacional para esse grupo específico. Mas o mesmo não é necessário para o restante do quadro de funcionários que não realizam viagens de negócios.

Reajuste do contrato

Os planos empresariais não possuem o reajuste regulado pela ANS (Agência Nacional da Saúde). Eles ocorrem uma vez ao ano e são calculados de acordo com a inflação dos itens médicos e do índice de sinistralidade, que medem o grau de utilização do plano e servem para calcular o percentual de reajuste das mensalidades do benefício.

Carência

Os planos coletivos empresariais com 30 participantes ou mais não possuem exigência do cumprimento de carência . Se o número for inferior a 30 pessoas, será exigido cumprimento de carência de acordo com os prazos máximos estabelecidos pela ANS.

Coparticipação

Coparticipação é um mecanismo no qual o empregado assume o pagamento de uma parte do valor da consulta ou do procedimento a ser realizado. É uma forma de diminuir custos sem alterar a rede ou o padrão de atendimento. Além disso, o mecanismo funciona como um moderador de uso, evitando o excesso de utilização indevida pelo segurado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá, Entre em contato com nossa equipe de atendimento via Whatsapp

Central de Vendas - Via WhatsApp